JSL anuncia R$ 2,2 bilhões de novos contratos da Logística e transformação da Movida RAC


JSL anuncia R$ 2,2 bilhões de novos contratos da Logística e transformação da Movida RAC

Mogi das Cruzes, 16 de junho de 2016, JSL (BM&FBovespa: JSLG3 e Nível 1 ADR: JSLGY)

Sobre a Companhia

A JSL S.A. é a empresa com o mais amplo portfólio de serviços logísticos do Brasil e líder em seu segmento tendo faturado R$6,5 bilhões em 2015. Com 60 anos de experiência, atua com mais de 210 filiais em todo o território brasileiro, além de quatro países do Mercosul. A Companhia realiza serviços customizados a fim de agregar valor as cadeias produtivas dos seus clientes focando a otimização dos processos desde o transporte de cargas até a terceirização total das cadeias logísticas. A JSL também atua no segmento de Leasing e Concessionárias de Veículos leves e pesados. No final de 2013, buscando a continua diversificação de seus negócios, surgiu a oportunidade de entrar no setor de aluguel de automóveis por diárias, e a JSL comprou a Movida Rent a Car, com a proposta de inovar o relacionamento com o cliente neste mercado.

Novos Contratos da Logística

A Companhia tem apresentado sólido crescimento fundamentado no seu modelo de negócio – DNA de servir e foco no cliente – que prioriza, em momentos de crise, revisão de processos na busca por redução de custos, permitindo que seus clientes direcionem atenção e capital aos respectivos core businesses. Baseado nisto, a Companhia assinou em 2015 novos contratos na ordem de R$2,2 bilhões no segmento da Logística.

Características dos novos contratos

  • Prazos dos contratos de até 7 anos
  • 59% de cross selling, ou seja, negociados juntos a clientes atuais
  • 41% negociados com novos clientes
  • Investimentos totais de R$ 572 milhões, sendo R$ 347 milhões em 2015 e R$ 225 milhões em 2016

Transformação da Movida

A Movida cresceu de forma significativa ao longo de 2015, devido às inovações introduzidas no mercado e à sua capacidade de focar na necessidade dos clientes. Suas atividades são divididas em duas unidades de negócio, (i) a de aluguel de automóveis (RAC) e a de (ii) aluguel de frota (GTF). Ao longo de 2015, 17.918 carros foram adicionados à frota de RAC, passando de 19.208 carros em dez/14 para 37.126 em dez/15. Conforme demonstrado no gráfico abaixo, anualizando a receita com base na frota operacional do final de dez/15 (32.137), mantendo-se a receita média por carro de 2015, tem-se no RAC uma receita adicional de R$ 202 milhões (+44%). Em GTF, com base nos novos contratos negociados em 2015, a receita incremental é de R$ 39 milhões (+15%). A combinação de RAC e GTF resultaria em um acréscimo de 34% na receita de serviços da Movida (estas receitas adicionais projetadas não estão incluídas na receita de R$ 2,2 bilhões de novos contratos da Logística).

Para acessar o conteúdo na íntegra, clique aqui.