Responsabilidade Socioambiental

Sustentabilidade

Eficiência energética e Emissões

Sempre atenta à redução de impactos ambientais e visando contribuir com a conscientização sobre a sustentabilidade, a JSL adota condutas que proporcionam a redução de consumo e resíduos, tais como o uso racional do combustível e a realização do inventário de emissões.

Na área de eficiência energética há práticas como a substituição de lâmpadas comuns por lâmpadas de LED, a utilização de combustível com baixo teor de enxofre – possibilitando reduzir a emissão de fumaça branca e aumentar a vida útil do óleo lubrificante – e o uso de defletores. Outras ações são o treinamento de direção defensiva e condução econômica e a utilização de veículos especiais que oferecem aumento da ocupação e, consequentemente, redução da emissão de CO2, como bitrens e outros.

Um destaque do ano de 2018 foi a inclusão no mercado livre de energia da unidade intermodal, em Itaquaquecetuba. No ano anterior havia sido incluída a sede administrativa da empresa, em Mogi das Cruzes, o que possibilitou alcançar até 50% do consumo de energia a partir de fontes renováveis (solar, eólica e biomassa). Atualmente, estamos realizando um estudo para avaliar a possibilidade de ampliação para mais cinco filiais.

O consumo de eletricidade em 2018 foi de 52.932.716,16 kWh, considerando as operações da JSL e Movida. O percentual de aumento em relação ao consumo de eletricidade da JSL no ano anterior foi de 1,4% (não consideramos a Movida nesta comparação pois em 2017 não possuíamos os números do consumo desta empresa).

Conforme descrito na tabela abaixo, as metas de redução do consumo de energia foram alcançadas na sede administrativa e na unidade intermodal, ambas certificadas com a ISO 14.001:2008.

Emissões

De acordo com as diretrizes do GHG Protocol, a JSL realiza a cada ano seu Inventário de Emissões, ferramenta utilizada internacionalmente para entender, quantificar e gerenciar emissões de gases de efeito estufa (GEE). Além disso, utilizamos outro mecanismo para a gestão das emissões: são os relatórios do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), órgão que realiza avaliações regulares sobre o assunto.

Com base em todas as operações da empresa, o total de emissões diretas (Escopo 1) e indiretas (Escopo 2) no ano de 2018 foi de 348.175,30 t CO2eq, apresentando uma redução de 39% em comparação aos 574.054,80 t CO2eq de 2017. As emissões biogênicas foram de 34.560,34 t CO2eq.

Em 2018, a JSL revisou o critério utilizado para determinar quais emissões de gases de efeito estufa (GEE) seriam consideradas de “controle operacional” da empresa, principalmente quanto ao consumo de combustíveis por fontes móveis (principal fonte de emissões da JSL). Após alinhamento metodológico, realizado diretamente com o Programa Brasileiro GHG Protocol e com clientes de larga escala, a JSL passou a alocar as emissões de combustíveis, utilizados nas operações dos seus equipamentos, conforme o critério de “pagamento direto pelo combustível”.

Ou seja, quando os clientes pagam diretamente pelo combustível utilizado, as emissões são contabilizadas no Escopo 1 dos clientes e alocadas no Escopo 3 da JSL, mesmo que operados por funcionários da JSL. No Escopo 3 da JSL, as referidas emissões são categorizadas como “uso de bens e serviços vendidos”. A mudança foi adotada para aprimorar o inventário, bem como reforçar os princípios de transparência e integralidade. Esses princípios são preconizados pelas metodologias de elaboração de inventários de GEE e, com isso, a JSL assegura que não haja dupla contagem no Escopo 1 da JSL e de seus clientes.

Em 2018 não houve emissão de substâncias que destroem a camada de ozônio (SDO), conforme protocolo de Montreal.

Carbon Free

O programa Carbon Free é uma iniciativa que, através do plantio de árvores, contribui para a neutralização das emissões de poluentes, reduzindo os impactos das mudanças climáticas. Desde 2011, todos os clientes da Movida são convidados a participar do programa por meio de pagamento de uma taxa adicional ao valor da diária no aluguel de veículos. Cada adesão também conta com participação financeira direta da Movida, que compartilha a responsabilidade.

Em 2018, lançamos o Carbon Free para a Gestão e Terceirização de Frotas – GTF, elemento decisivo para a renovação de diversos clientes. Devido a esse produto, a Movida foi premiada pelo Frotas & Fretes Verdes, como Empresa com Sustentabilidade em Processo/Produto.

No ano de 2018, mais de 90 mil metros quadrados foram reflorestados e 11.383 mudas plantadas por meio desta iniciativa, contribuindo para o sequestro de CO2. Os plantios são realizados por meio de parceria estabelecida com a Fundação SOS Mata Atlântica.

Água

Considerando as diretrizes legais, a JSL busca utilizar a água com consciência e de modo racional. Neste sentido, implantamos sistemas de reuso e de melhoria da eficiência do uso hídrico em todas as unidades da Companhia, além de monitorar o consumo e construir estações de tratamento de água nas filiais onde o consumo é significativo. Outro bom exemplo é o racionamento de água nas garagens onde se realiza manutenção de veículos.

Para conscientizar colaboradores e terceiros sobre o uso racional da água, a JSL divulga campanhas regulares por meio de seus canais de comunicação.
Em 2018, o consumo total de água na organização foi de 1.122.454,30 m3, considerando as operações da JSL e Movida*. O aumento em relação ao consumo de água da JSL em 2017 foi de 78,85% (não possuíamos os números do consumo da Movida, referentes a 2017). A elevação do número é explicada pela evolução da contabilização do consumo internamente.

Apesar do aumento, as metas de redução para 2018 foram atingidas tanto na sede administrativa quanto na unidade intermodal.

Resíduos

Alinhada à Política Nacional de Resíduos Sólidos, a Gestão de Resíduos da JSL tem o objetivo de, através de suas práticas, se apropriar da responsabilidade dos itens que utiliza, buscando minimizar os impactos ambientais de suas atividades.

Além do monitoramento do consumo dos insumos utilizados nas operações, garantimos o descarte correto de itens como pneus e óleo lubrificante, sendo este último 100% encaminhado para o processo de rerrefino, onde são reinseridos na cadeia produtiva desse mesmo produto. É importante salientar que os abrigos para armazenamento temporário atendem à NBR 12.235, norma regulamentadora para armazenamento de resíduos sólidos perigosos.

Em 2018, foram transportadas 5,1 mil toneladas de resíduos perigosos, que são classificados segundo a NBR 10.004 e, em seguida, destinados para empresas de “blendagem”. Posteriormente são encaminhados para cimenteiras, onde são utilizados como fonte alternativa de energia através do coprocessamento.

Os resíduos classe I gerados pela empresa são gerenciados por clientes devidamente homologados, que efetuam manutenções em veículos e máquinas e se encarregam do transporte e destinação desses itens.

Instituto Julio Simões

Com a intenção de garantir o investimento social privado junto às comunidades onde atuamos, foi criado o Instituto Julio Simões, que realiza projetos próprios e em conjunto com outras instituições. O que nos move é a vontade de contribuir para a melhoria de vida nas comunidades, sobretudo as que estão mais próximas e integradas às operações da JSL.

Trabalhando em rede, o Instituto apoia outras organizações que já possuem longo histórico na área social. Assim, através da parceria com o Instituto Julio Simões, elas podem aumentar o seu potencial de multiplicação, alcançando patamares mais elevados. O número de pessoas beneficiadas, calculado a partir do número de projetos implementados em 2018 pelo Instituto Julio Simões, foi de 32.691 em 2018 e 31.752 em 2017.

Nesse ano, foram direcionados aproximadamente R$ 3,5 milhões para projetos com base nas leis de incentivo fiscal, sendo que em 2017 havia sido disponibilizado o valor de R$ 2 milhões, e em 2016 de R$ 1,9 milhão.

Ao todo, 43 filiais/lojas do grupo JSL participaram das ações sociais, campanhas e projetos realizados pelo Instituto Julio Simões em 2018, representando 8,33%3 das operações da Companhia.

Além dos programas já em andamento, o Instituto também apoia projetos independentes através de doações fixas para instituições sociais e ONGs, que em 2018 beneficiaram 3 mil pessoas.

Também realizamos doação de transportes para projetos da comunidade local ou de alguma instituição. Em 2018, a ação beneficiou 2.500 pessoas.

A fim de contribuir para a garantia dos direitos das crianças e adolescentes, mais de 12 mil pessoas, entre colaboradores, terceiros, clientes e população participaram de treinamentos e palestras em parceria com o Programa Na Mão Certa (ChildHood do Brasil), Instituto Liberta e Selo Fundação Abrinq, sobre o combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes e seus direitos no Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA. Esse público se tornou um “Agente de Proteção da Infância”.

Julio Cidadão

Implantado em 2007, o projeto Julio Cidadão estimula o voluntariado e promove a suavização hospitalar por meio de “doutores palhaços”. Em parceria com a ONG Canto Cidadão, o projeto treina e acompanha os voluntários que atuam em hospitais e ILPIs (Instituições de Longa Permanência para Idosos) de Mogi das Cruzes e região. Em 2018, foram formados mais 37 colaboradores e atendidas 1.500 pessoas, entre pacientes, acompanhantes e profissionais.

Gincana Cultural

A Gincana Cultural, cujo lema é “Todos juntos com um só objetivo”, anteriormente chamada Gincana Social, incentiva a cultura de voluntariado dentro da JSL, possibilitando a todos os colaboradores e familiares a oportunidade de contribuir para a integração entre colaboradores, empresa e comunidade, por meio de atividades de arrecadação, doação e ações em ONGs ou espaços públicos. Em 2018, foram inscritas 10 turmas, houve 1.350 voluntários participantes e 9 instituições sociais e 3 Espaços Públicos (limpeza de praças, fachadas de escola, conscientização de pedestres) foram beneficiados.

Natal de Emoções

Realizada desde 2016, a campanha une em um só projeto os colaboradores interessados nas ações sociais do Instituto Julio Simões, além de incentivar o voluntariado e a solidariedade em todas as unidades da JSL. A cada ano, a campanha beneficia um público que inclui crianças, idosos e pessoas portadoras de necessidades especiais.

Em 2018, foram beneficiadas mais de 538 pessoas que receberam presentes, como brinquedos, roupas, jogos, bolsas e kit de higiene pessoal para instituições voltadas ao público especial e com deficiência física, como Estância Manuel Maria, APAE e a AACD. Ao todo, 70 voluntários participaram destas ações.

Carreta Treinamento

Uma sala de cinema itinerante! Este é o projeto Carreta Treinamento, que circula por todo o Brasil oferecendo treinamento, teatro, cultura, música e entretenimento, com foco nos seguintes temas: direção defensiva, uso de drogas, abuso e exploração sexual infantil e direito da criança e do adolescente. Ao todo, em 2018, houve participação de 1.990 pessoas em palestras, treinamentos e apresentações.

Você quer? Você pode!

Desde agosto de 2012 o Centro de Memória e Cultura Julio Simões atende, por meio deste projeto, estudantes da rede pública de ensino de Mogi das Cruzes. Com as visitas ao CMC Julio Simões, eles têm a oportunidade de conhecer os episódios mais representativos da história do empresário e fundador da JSL e do Instituto, Sr. Julio Simões, e são estimulados a aprimorarem habilidades e competências para ampliar suas possibilidades de conquistas. Em 2018, houve 3.639 estudantes visitando o espaço.

Centro de Memória e Cultura Julio Simões

Além do projeto “Você quer? Você pode!”, o Centro de Memória e Cultura Julio Simões – criado para contar a história de determinação, trabalho, simplicidade e honestidade do fundador Julio Simões -, também recebe visitas de novos colaboradores e clientes, e disponibiliza o auditório para treinamentos, palestras e eventos sociais. Em 2018, foram atendidas 4 mil pessoas.