Responsabilidade Socioambiental

Sustentabilidade

Eficiência energética

No campo de energia, mantemos ações que envolvem políticas de gestão validadas pela presidência da Companhia com diretrizes de eficiência no uso de recursos naturais; diálogos e prestação de contas com provedores de capital; a aplicação do manual do sistema de gestão ambiental; e o monitoramento contínuo do consumo global de energia elétrica, com metas gerenciais de desempenho baseadas nas métricas quilowatt/colaborador/dia. 

Durante 2019, expandimos os contratos do mercado livre, uma das principais formas de aprimorarmos nossa matriz energética. Em 2019, foi concluída a migração de mais duas filiais ao sistema, totalizando quatro unidades. Atualmente, a compra de energia no mercado livre representa cerca de 33% do total consumido mensalmente pela Companhia. Para 2020, há previsão de ampliação do projeto, com a entrada de duas filiais no processo, o que elevará para cerca de 25% a participação deste tipo de fonte. A economia gerada chega a quase 2 milhões ao longo do ano.

Também mantemos estudo sobre a inclusão da geração solar fotovoltaica na matriz energética 

da JSL, com duas empresas selecionadas e propostas apresentadas no início de 2020. No momento, já temos piloto em andamento em lojas da Movida. 

Temos duas filiais certificadas pela norma ISO 14001, com indicadores-chave de desempenho e metas estabelecidas: a sede administrativa e a unidade intermodal. Na primeira, a meta é alcançar 2,7 kWh/colaborador/dia e, em 2019, não atingimos essa meta (ficamos em 3,1, 13% acima). No entanto, na unidade intermodal, a meta de 6,8 foi superada, encerrando 2019 em 6,2.

Diante da transformação do setor automotivo e industrial, cada vez mais pautado pela eletrificação, um destaque do ano foi o início de circulação de 11 caminhões elétricos, como parte da operação da CS Brasil junto à Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) do Rio de Janeiro (RJ). Atendendo a região de Jacarepaguá, essa frota esteve contemplada no processo de licitação e mobilizou R$11.598.357,25 em investimentos (R$ 10.763.500 em aquisição de ativos e R$834.857,25 em estrutura de carregamento dos caminhões). Em um ano, 1.188 toneladas de CO2 são reduzidas em emissão de 

poluentes para o meio ambiente, pela utilização de veículos elétricos na coleta de lixo pela CS Brasil. Também durante o ano, fortalecemos as ações de redução de consumo na Movida, por meio da contratação de energia solar para abastecimento de lojas.

Água

O uso racional dos recursos hídricos é uma prioridade da JSL, sobretudo em processos de alto impacto – como a lavagem e a manutenção de veículos em garagens e pátios. Implantamos sistemas de reúso e melhoria de eficiência que abrangem tanto essas áreas quanto os espaços administrativos (escritórios e lojas).

Em sete filiais e lojas, conseguimos minimizar a captação de água nova por meio de sistemas de tratamento que permitem um trabalho em ciclo fechado – em que, após tratada, a água já aplicada a lavagens e outros processos volta para a operação. O gerenciamento de efluentes é feito respeitando todas as regulamentações federais e estaduais (por exemplo, resoluções Conama e Cetesb) e, em algumas unidades, como a intermodal de Itaquaquecetuba (SP), a água é devolvida ao meio ambiente após passar por processos de tratamento.

Em 2019, o consumo total de água na organização, considerando as operações da JSL e da Movida, alcançou 32.229 m3. Na filial 

intermodal (Itaquaquecetuba), unidade modelo da JSL Logística, o consumo per capita alcançado foi de 64 litros/colaborador/dia, 5% abaixo da meta estabelecida de 67,1.

Resíduos

O foco nos três Rs – reduzir, reciclar e reutilizar – faz parte da rotina operacional e abrange medidas como o fim da aquisição de copos plásticos em diversas unidades, o descarte correto de resíduos de borracha e óleos e a busca, sempre que possível, da reciclagem de pneus, por meio da recapagem e recuperação após o fim do ciclo de vida.

Atuamos em sintonia com a Política Nacional de Resíduos Sólidos. Em linha com um dos maiores impactos de nosso setor, encaminhamos 100% do óleo lubrificante para o processo de rerrefino e atendemos aos requisitos da norma NBR 12.235, que regulamenta o armazenamento de resíduos sólidos perigosos.

Com relação ao descarte de óleo lubrificante usado, o volume total foi de 415.798 litros em 2019, com 100% dele realizado junto a 

empresas devidamente legalizadas e homologadas segundo os critérios corporativos estabelecidos via contrato nacional.

Em 2019, cerca de 80% (93.713 unidades) dos pneus consumidos foram recapados e 20% foram novos. Os pneus recapados são oriundos da avaliação e reforma interna de pneus, realizada por empresa de recapagem homologada. Esse processo de avaliação e reforma garante que os pneus sejam aproveitados ao máximo, com base nos critérios de norma ABNT, que garantem a segurança na utilização dos pneus. As carcaças geradas (pneus não passíveis de reforma) são destinadas para fornecedor licenciado e homologado, que processa e destina o material para sistemas de coprocessamento e produção de artigos de borracha, executados por empresas igualmente licenciadas. Neste período, mais de 90% das compras de pneus novos esteve condicionada ao descarte de uma carcaça inservível para rodagem. Este resultado evidencia nosso esforço de obter o máximo aproveitamento dos recursos naturais utilizados na confecção dos pneus.

Instituto Julio Simões

Com a intenção de garantir o investimento social privado junto às comunidades onde atuamos, foi criado o Instituto Julio Simões, que realiza projetos próprios e em conjunto com outras instituições. O que nos move é a vontade de contribuir para a melhoria de vida nas comunidades, sobretudo as que estão mais próximas e integradas às operações da JSL.

Trabalhando em rede, o Instituto apoia outras organizações que já possuem longo histórico na área social. Assim, através da parceria com o Instituto Julio Simões, elas podem aumentar o seu potencial de multiplicação, alcançando patamares mais elevados. O número de pessoas beneficiadas, calculado a partir do número de projetos implementados em 2018 pelo Instituto Julio Simões, foi de 32.691 em 2018 e 31.752 em 2017.

Nesse ano, foram direcionados aproximadamente R$ 3,5 milhões para projetos com base nas leis de incentivo fiscal, sendo que em 2017 havia sido disponibilizado o valor de R$ 2 milhões, e em 2016 de R$ 1,9 milhão.

Ao todo, 43 filiais/lojas do grupo JSL participaram das ações sociais, campanhas e projetos realizados pelo Instituto Julio Simões em 2018, representando 8,33%3 das operações da Companhia.

Além dos programas já em andamento, o Instituto também apoia projetos independentes através de doações fixas para instituições sociais e ONGs, que em 2018 beneficiaram 3 mil pessoas.

Também realizamos doação de transportes para projetos da comunidade local ou de alguma instituição. Em 2018, a ação beneficiou 2.500 pessoas.

A fim de contribuir para a garantia dos direitos das crianças e adolescentes, mais de 12 mil pessoas, entre colaboradores, terceiros, clientes e população participaram de treinamentos e palestras em parceria com o Programa Na Mão Certa (ChildHood do Brasil), Instituto Liberta e Selo Fundação Abrinq, sobre o combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes e seus direitos no Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA. Esse público se tornou um “Agente de Proteção da Infância”.

Julio Cidadão

Implantado em 2007, o projeto Julio Cidadão estimula o voluntariado e promove a suavização hospitalar por meio de “doutores palhaços”. Em parceria com a ONG Canto Cidadão, o projeto treina e acompanha os voluntários que atuam em hospitais e ILPIs (Instituições de Longa Permanência para Idosos) de Mogi das Cruzes e região. Em 2018, foram formados mais 37 colaboradores e atendidas 1.500 pessoas, entre pacientes, acompanhantes e profissionais.

Gincana Cultural

A Gincana Cultural, cujo lema é “Todos juntos com um só objetivo”, anteriormente chamada Gincana Social, incentiva a cultura de voluntariado dentro da JSL, possibilitando a todos os colaboradores e familiares a oportunidade de contribuir para a integração entre colaboradores, empresa e comunidade, por meio de atividades de arrecadação, doação e ações em ONGs ou espaços públicos. Em 2018, foram inscritas 10 turmas, houve 1.350 voluntários participantes e 9 instituições sociais e 3 Espaços Públicos (limpeza de praças, fachadas de escola, conscientização de pedestres) foram beneficiados.

Natal de Emoções

Realizada desde 2016, a campanha une em um só projeto os colaboradores interessados nas ações sociais do Instituto Julio Simões, além de incentivar o voluntariado e a solidariedade em todas as unidades da JSL. A cada ano, a campanha beneficia um público que inclui crianças, idosos e pessoas portadoras de necessidades especiais.

Em 2018, foram beneficiadas mais de 538 pessoas que receberam presentes, como brinquedos, roupas, jogos, bolsas e kit de higiene pessoal para instituições voltadas ao público especial e com deficiência física, como Estância Manuel Maria, APAE e a AACD. Ao todo, 70 voluntários participaram destas ações.

Carreta Treinamento

Uma sala de cinema itinerante! Este é o projeto Carreta Treinamento, que circula por todo o Brasil oferecendo treinamento, teatro, cultura, música e entretenimento, com foco nos seguintes temas: direção defensiva, uso de drogas, abuso e exploração sexual infantil e direito da criança e do adolescente. Ao todo, em 2018, houve participação de 1.990 pessoas em palestras, treinamentos e apresentações.

Você quer? Você pode!

Desde agosto de 2012 o Centro de Memória e Cultura Julio Simões atende, por meio deste projeto, estudantes da rede pública de ensino de Mogi das Cruzes. Com as visitas ao CMC Julio Simões, eles têm a oportunidade de conhecer os episódios mais representativos da história do empresário e fundador da JSL e do Instituto, Sr. Julio Simões, e são estimulados a aprimorarem habilidades e competências para ampliar suas possibilidades de conquistas. Em 2018, houve 3.639 estudantes visitando o espaço.

Centro de Memória e Cultura Julio Simões

Além do projeto “Você quer? Você pode!”, o Centro de Memória e Cultura Julio Simões – criado para contar a história de determinação, trabalho, simplicidade e honestidade do fundador Julio Simões -, também recebe visitas de novos colaboradores e clientes, e disponibiliza o auditório para treinamentos, palestras e eventos sociais. Em 2018, foram atendidas 4 mil pessoas.