Notícias

FATO RELEVANTE
NOTÍCIA VEICULADA NA IMPRENSA

São Paulo, 12 de julho de 2017 - JSL S.A. ("JSL" ou "Companhia"), em cumprimento ao disposto na Instrução da Comissão de Valores Mobiliários - CVM nº 358, de 03 de janeiro de 2002, vem, por meio do presente, apresentar esclarecimentos em resposta ao Ofício 1250/2017-SAE, encaminhado à Companhia pela Superintendência de Acompanhamento de Empresas da CVM, em 12 de julho de 2017, e abaixo transcrito ("Ofício"):

"Em notícia veiculada pelo jornal Valor Econômico, em 12/07/2017, consta, entre outras informações, que essa empresa iniciará uma série de encontros com investidores de renda fixa com o objetivo de lançar uma emissão de bônus com prazo de sete anos no volume de US$ 300 milhões.

Solicitamos esclarecimentos sobre os itens assinalados, até 13/07/2017, com a sua confirmação ou não, bem como outras informações consideradas importantes."

Em atendimento ao referido Ofício, a Companhia esclarece aos seus acionistas e ao mercado em geral que a JSL avalia constantemente alternativas de captação de recursos para fortalecer a sua estrutura de capital e financeira. Entre os dias 12 e 18 de julho deste ano, a Companhia agendou, com o apoio de instituições financeiras contratadas para esta finalidade, uma série de reuniões com investidores internacionais a fim de avaliar a viabilidade de uma potencial captação de recursos por meio de emissão de senior notes no mercado de capitais internacional.

Referida emissão de senior notes pela Emissora se encontra em fase preliminar e não há qualquer definição sobre o volume total da emissão, prazo, taxas de juros ou quaisquer outros detalhes. A decisão sobre a realização dessa captação de recurso dependerá, dentre outros fatores, da atratividade das condições de mercado e somente será tomada após a realização das reuniões acima referidas.

A JSL esclarece, ainda, que a referida captação de recursos, caso venha a ser realizada, será conduzida junto a investidores institucionais qualificados, exclusivamente no mercado internacional, em conformidade com a legislação e a regulamentação aplicáveis. As senior notes não foram e, caso venham a ser emitidas, não serão registradas perante a CVM, e não serão ofertadas ou vendidas no Brasil.

Para acessar o documento completo, clique aqui.

Última Atualização em 13 de Julho de 2017

Voltar Topo

Linha do Tempo

Mais acessados
Fechar